O segundo projeto de emancipação do Rio Negro e o sistema político do Brasil Império

Resumo

Este artigo objetiva analisar as discussões que se deram em torno das políticas de criação de províncias no Brasil Imperial, principalmente no âmbito do Parlamento brasileiro. Vários elementos estiveram articulados neste debate: os interesses das elites regionais, a necessidade de um Estado mais presente para impor a ordem interna e problemas relativos à política externa, pois estavam em jogo as relações com os países vizinhos. Fatores estes que exigiam soluções dotadas de um equilíbrio do qual dependia a sobrevivência de um Estado em construção.

PDF