O Rio civiliza-se
PDF

Palavras-chave

Clube de Engenharia
Comissão de Melhoramentos de 1875
1º Congresso de Engenharia e Indústria
Estado Ampliado
Reformas Urbanas

Resumo

Buscamos analisar o processo de especialização e a crescente capilarização política do nascente campo da engenharia civil no Brasil a partir de meados do século XIX. Enquanto expressão da "modernidade" reclamada pelas condições
econômicas e políticas do período, engenheiros brasileiros exerceram papel fundamental na ingerência sobre debates e pareceres técnicos e na formulação de políticas públicas voltadas para as ferrovias e "melhoramentos" urbanos,
organicamente vinculados aos interesses das frações dominantes – mais imediatamente coadunados, a partir do início do século XX, com seus próprios interesses. Tendo por marco inicial o estudo da Comissão de Melhoramentos de 1875, procuraremos observar o processo de fortalecimento daquele campo e de seus agentes técnico-científicos, o qual teve, na fundação do Clube de Engenharia, em 1880, e na realização do 1º Congresso de Engenharia e Indústria, organizado pela associação em 1900, aspectos basilares para uma discussão mais aprofundada do processo de ampliação do Estado brasileiro.

PDF